30 de nov de 2010

18/05/2003 - A GUERRA E O GUETO

A guerra nos guetos proliferam-se
desde as recônditas guerras fatídicas,
arrastado-se por essa nossa guerra moderna.
Despresam-se agora os guetos poloneses
os guetos negros e porto-riquenhos
e ferroam com mais força agora
as favelas e guetos brasileiros...
amordaçado e vendado, surdo e acovardado
jaz a prole desesperada, vítima de
violência gratuita, transformando cidades
magníficas, em Bósnias e Eslovênias tupiniquins...
Cede o honesto, mata-se o justo,
Fere-se o progresso e a ordem tomba junto...
Regressa o homem do espaço.
conquista o homem o fim do mundo,
Ilumina a terra com urânio e chumbo
Mais acovarda-se perante o injusto
Toque de recolher que desce os morros
em forma de pó, em gritos mudos,
em ecos surdos sem nada pensar em fazer...

Nenhum comentário:

Postar um comentário