30 de nov de 2010

SÓ EU VIA TUDO NEGRO!!!

Bitucas no cinzeiro,
duas tampinhas de coca-cola
duas caixas de fósforos meio vazias
duas garrafas de cerveja
um copo...
e várias goiabas
Só eu via tudo negro!!!

Nada vinha-me a mente,
tristeza, solidão, ausência,
talvez a morte seja a essência
que numa noite ausente
sentia somente a falta de amor
o amor que se sente quando ama-se realmente
Mas, só eu via tudo negro...

Nenhum comentário:

Postar um comentário